Vacinação Covid-19: Começando a quarta dose para mais de 50 anos

Algumas cidades brasileiras já estão ministrando a quarta dose da vacina contra a Covid-19 neste mês de junho de 2022 para pessoas acima de 50 anos:

Macapá e Maceió começaram em 01.06.2022. No Distrito Federal, a previsão é de que a imunização desse público com a segunda dose de reforço comece em 03.06.2022.

Em Manaus, a quarta dose para quem tem 50 anos ou mais está liberada desde o início de maio, e, no Piauí, foi liberada na mesma data para toda a população a partir dos 18 anos.

O Paraná também havia pedido autorização na semana passada para aplicar a 4ª dose em pessoas com menos de 60 anos.

E nesta quinta, 02.06.2022, foi anunciada oficialmente pelo Ministério da Saúde a autorização de oferta da 4ª dose de vacina contra a Covid-19 para pessoas com 50 anos ou mais em âmbito nacional:

Desde o dia 18 de maio, a pasta havia dado autorização para que a quarta dose fosse aplicada apenas em pessoas com 60 anos ou mais, além de imunossuprimidos.

Leia mais clicando aqui.

No Rio de Janeiro:

O município também anunciou em 02.06.2022 a liberação das vacinas contra a GRIPE para todas as idades:

Maricá: 208 anos e diversos projetos para um futuro melhor

De acordo com o site do jornal O Dia, o município de Maricá, que completou 208 anos em 26.05.2022, lançou no auditório do Instituto Federal Fluminense (IFF) de Ubatiba, em 23.05.2022, um pacote de estímulo à inovação social e ao desenvolvimento de ciência e tecnologia, que inclui a incubadora de startups e os arranjos produtivos de ciência médica, alimentação e cultura:

Entre eles, o programa Bem Viver Alimentar que visa o financiamento por meio de compras para escolas, hospitais e para o Restaurante Municipal Mauro Alemão de alimentos típicos da região, além de um moderno sistema de produção de alimentos orgânicos por meio de estufas e os laboratórios abertos de saúde que terão núcleos de biologia molecular, imunologia e testes sorológicos, cultura celular, cultura de bactéria, bioimagem, genômica e produção de proteína recombinante.

Leia mais clicando aqui.

Em 24.05.2022, a Prefeitura lançou, no Cine Henfil, no centro do município, o programa Avança Maricá, que busca desenvolver e aprimorar as competências de quem pretende abrir seu próprio empreendimento ou desenvolver as micro e pequenas empresas do município:

São mais de 800 vagas disponibilizadas em oficinas e cursos, com temas como noções de administração e marketing digital, com profissionais do Sebrae-RJ. Além disso, o programa prevê a seleção de 30 empreendedores para uma aceleradora de empresas.

Leia mais clicando aqui.

Também em 24.05.2022, foi aprentado para pais, alunos e toda a comunidade escolar da rede municipal um conjunto de novas tecnologias, com lousas digitais, que serão utilizadas pelos professores nas salas de aula, e tablets com acesso à internet destinados aos alunos do 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental:

Além desses equipamentos, foram apresentadas outras aquisições da Secretaria de Educação, como kits e laboratório, ambos de robótica, tix letramento – equipamento usado em salas de recursos para alunos com deficiência, como teclados inclusivos e dispositivos para controle de notebook por piscada de olho –, mesa infantil e de alfabetização, laboratório itinerante, sala maker – reúnem de todas as ferramentas tecnologias adquiridas –, laboratório de matemática e impressora 3D.

Leia mais clicando aqui.

Em 25.05.2022, na sede da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), aconteceu o lançamento da Biotec Maricá, empresa pública que vai transformar produtos naturais em sustentáveis:

Pensando um futuro sustentável, a iniciativa nasce com duas entregas significativas: a criação de camarões para consumo local/exportação e a farmacopeia (laboratórios para criação de medicamentos a partir de plantas medicinais, que começam a ser construídos já no segundo semestre).

O polo produtivo e de pesquisa de camarão está sendo instalado na Fazenda Pública Municipal Joaquin Piñero, no Espraiado. Serão dez tanques, cada um com capacidade de 450 mil litros, que vão produzir duas toneladas de camarão a cada despesca, totalizando 60 toneladas por ano.

Leia mais clicando aqui.

Em 26.05.2022, o município deu mais um importante passo rumo à revitalização de lagoas e rios da cidade com a inauguração do Laboratório de Pesquisa e Inteligência Ambiental, parte de um complexo com seis laboratórios de análises:

A parceria entre a Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) e a Universidade Federal Fluminense (UFF) trabalha com micro-organismos para o tratamento de esgoto, que vem sendo implantado na cidade desde 2020.

Nas instalações do biocentro (Parque Eldorado), os pesquisadores fazem análises qualitativas e quantitativas de organismos vivos, de partículas de microplástico, de matéria orgânica em decomposição, de nutrientes, entre outros, a partir das amostras de água e dos sedimentos coletadas periodicamente nos corpos hídricos (lagoas, rios e canais) da cidade.

Leia mais clicando aqui.

No mesmo dia 26.05.2022, durante o aniversário de Maricá, houve a apresentação do protótipo de ônibus com carbono zero. A demonstração à população aconteceu na Praça Orlando de Barros Pimentel, com direito ao “rolezinho da sustentabilidade”, com o coletivo circulando pelas ruas. No dia seguinte, ele ficou estacionado na Rodoviária de Maricá, para visitação e explicação técnica:

Maricá vai fabricar ônibus híbridos, movidos a eletricidade, a hidrogênio e a etanol. A iniciativa, inédita em gestão pública no país, permitirá ao município receber royalties pela propriedade da patente tecnológica, desenvolvida a partir de parceria com a COPPE/UFRJ. Produzidos com energia limpa, os veículos serão colocados em circulação, aos poucos, renovando a frota do Tarifa Zero.

O ônibus híbrido não polui o ambiente e tem maior aproveitamento de energia produzida em comparação com os usuais veículos que fazem combustão interna e usam apenas 15% do potencial energético do combustível. Além disso, a iniciativa vai gerar recursos financeiros para Maricá com royalties e vendas futuras. Afinal, o projeto envolve três estruturas da Prefeitura: a Secretaria de Desenvolvimento Econômico; o Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM) e a Empresa Pública de Transportes (EPT).

Os veículos serão elétricos e parte deles poderá usar hidrogênio e etanol como combustível – motivo pelo qual são considerados híbridos.

Leia mais clicando aqui.

Em 28.05.2022 aconteceu uma caminhada celebrando os nove anos do Programa Viver Bem em Maricá. A Secretaria Municipal de Promoção e Projetos Especiais reuniu cerca de cem pessoas pelas ruas de São José do Imbassaí. Leia mais clicando aqui.

Em 30.05.2022, de acordo com o site Maricá Info, a Prefeitura de Maricá abriu as inscrições do programa ‘Estágio Remunerado’, criado pela Secretaria de Trabalho e que tem 300 vagas para estudantes do ensino médio/técnico e superior na prefeitura de Maricá:

As inscrições iniciaram às 17h desta segunda-feira (30) e para concorrer é necessário ter idade mínima de 16 anos, estar matriculado em Unidade de Ensino autorizada pelo Ministério da Educação (MEC), já ter concluído 40% do currículo escolar e não ser ocupante de cargo, função pública, estágio remunerado ou emprego.

É uma oportunidade de conseguir experiência no mercado de trabalho. As bolsas serão de R$877,80 para estudantes do ensino médio/técnico e de R$1.053,36 para estudantes do ensino superior. As inscrições podem ser feitas no link do programa clicando aqui! Quem não tiver conexão estável com a internet pode optar por realizar a inscrição presencialmente na sede do Sine Maricá, localizado na rua Carlos Rangel, nº 53, no Centro de Maricá.

De acordo com o portal G1, em 31.05.2022 acontece um Worktour realizado pela Prefeitura de Maricá em um hotel em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, com a proposta de promover a cidade maricaense para mercados emissores de turistas dentro do estado do Rio de Janeiro:

Além de Nova Friburgo, outras cidades também vão receber o Worktour. O evento será realizado em Cabo Frio, em julho; e em Campos dos Goytacazes, em agosto.

Em Nova Friburgo, o evento será nesta terça, das 14h às 19h, no Hotel Buscky.

O Worktour é realizado pela Prefeitura de Maricá, através da Codemar S/A – Cia de Desenvolvimento de Maricá e das Secretarias de Turismo e Promoção e Projetos Especiais.

Segundo o Secretário de Promoção e Projetos Especiais da Prefeitura de Maricá, José Alexandre Almeida, o formato do evento é dinâmico, onde as secretarias municipais, empresas públicas e parceiros envolvidos no projeto, se apresentam em mesas, dialogando com os convidados, orientando sobre as políticas públicas, investimentos e empreendimentos imobiliários.

Leia mais clicando aqui.

Vale lembrar, na semana anterior ao aniversário da cidade, uma ação da Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e da Mulher, que promoveu retificação civil para pessoas trans, para mudança do nome na certidão de nascimento e outros documentos:

O mutirão aconteceu na Casa dos Conselhos, em 20.05.2022, e foi realizado pela Coordenadoria Municipal LGBTI+, com apoio do Conselho Municipal Fórum Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Pessoas Trans e Intersex (LGBTI), equipes da Casa dos Conselhos e do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

O objetivo é garantir às pessoas transgêneros e não binárias (que não se identificam como masculino ou feminino) o direito à retificação do gênero e do nome na certidão de nascimento, primeiro passo para a mudança nos demais documentos de identidade. Tudo feito gratuitamente.

Leia mais clicando aqui.

Durante a solenidade de aniversário pelos 208 anos de Maricá, com sessão solene da Câmara Municipal em evento realizado no Centro de Educação Pública Transformadora (CEPT) Professora Zilca da Fontoura, o prefeito Fabiano Horta (PT-RJ) relembrou realizações como o Programa de Amparo ao Trabalhador (PAT), o Programa de Auxílio ao Emprego (PAE), e ressaltou o trabalho de transformação da cidade iniciado em 2009, com o primeiro mandato do então prefeito Washington Quaquá:

“Maricá celebra hoje 208 anos de emancipação político administrativa afirmando, enquanto cidade, a dimensão do direito social como valor construído pela política pública que há mais de uma década referencia a vontade do povo de Maricá, como a Tarifa Zero do transporte público, a RBC, o Programa Passaporte Universitário”, completou.

Leia mais clicando aqui.

Leia também:
Maricá celebra 208 anos e lança campanha “Cidade que Abraça”
Nova passarela de Inoã é liberada para pedestres
Maricá é convidada para apresentar programa de Agroecologia em congresso na Suécia

Exposição Composição Carioca: Reabertura do Convento do Carmo

De acordo com o portal G1, depois de quatro anos de obras, o antigo Convento do Carmo reabriu suas portas em 27.05.2022 com uma exposição de arte contemporânea e palestra da historiadora Mary Del Priore:

O evento vai desfiar a história da mais ilustre personagem que morou no local: a rainha de Portugal D. Maria I.

Sendo uma das mais antigas construções do país, o espaço foi transformado em Centro Cultural da Procuradoria Geral do Rio de Janeiro (PGE-RJ), que restaurou o prédio na Praça XV, no Centro do Rio.

(…) A exposição reúne obras de renomados artistas brasileiros como Adriana Varejão, Beatriz Milhazes e Vik Muniz. E também de jovens talentos, como Agrade Camíz e Tainan Cabral.

Leia mais clicando aqui.

Exposição: “Composição Carioca”
Duração: De 27/05 a 13/08/2022, de terça-feira a sábado, das 10h às 18h
Local: Centro Cultural PGE-RJ (antigo Convento do Carmo)
Endereço: Praça XV – Centro

Oficina de Cantoria +60: De volta às aulas presenciais

Durante a pandemia, a Oficina de Cantoria +60, com direção de Crismarie Hackenberg, continuou atuante com atividades on-line: a oficina de atenção e memória esteve ativa no grupo de WhatsApp com aulas de canto ao vivo pelo Zoom e Youtube.

A partir de maio de 2022, foram retomadas as aulas presenciais, que acontecem às segundas-feiras de forma quinzenal, no clube Hebraica, em Laranjeiras, Rio de Janeiro.

São 2 horários:
– Das 15h às 16h15 e
– Das 16h30 às 17h45

O horário das 16h30 já está ativo, e ainda há vagas. A próxima aula será em 30.05.2022. Já o horário das 15h tem inicio previsto para o dia 13 de junho de 2022.

Informações:
crismarie@rioacappella.com.br
gloriasgo@gmail.com

Leia mais a respeito em
Canto coral na terceira idade: Oficina de Cantoria +60

Marcos Palmeira: Recuperação da natureza

De acordo com o site Conexão Planeta, o ator Marcos Palmeira, que desde abril de 2022 interpreta o personagem José Leôncio no remake da Rede Globo para a novela “Pantanal”, anunciou que vai recuperar com espécies nativas 130 hectares de fazenda onde produz alimentos orgânicos:

Marcos há muitos anos já é um defensor do meio ambiente. Além da carreira, ele investe parte de seu tempo na Fazenda Vale das Palmeiras, em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro. 

Quando comprou a fazenda, que tem uma área de 200 hectares, a vegetação estava bastante degradada e com diversas áreas de desmatamento. Havia apenas uma pequena produção convencional de hortaliças. Aos poucos, a área foi sendo restaurada, incluindo a proteção do entorno de nascentes. A Vale das Palmeiras se tornou então uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), em que o proprietário assume o compromisso com a conservação da natureza.

Marcos Palmeira

Além disso, Marcos realizou um antigo sonho do avô: começou a fabricar produtos orgânicos na fazenda. Desde 1997 possui a Certificação Orgânica, selo nacional que atesta oficialmente o setor. O foco são derivados do leite, como queijo minas frescal, ricota, coalhada, queijo cottage e iogurte. As vacas são tratadas com homeopatia e não há uso nenhum de hormônios, antibióticos ou pesticidas ali.

Em janeiro deste ano, inclusive, o queijo frescal da Vale das Palmeiras foi eleito um dos melhores do Brasil, numa premiação que contou com a inscrição de 120 queijos de 60 diferentes produtores de 18 estados.

(…) o ator usou seu perfil no Instagram, para contar que irá recuperar uma área de 1.300.000 metros quadrados em sua fazenda, o equivalente a mais de 200 mil árvores, entre plantadas e regeneradas. Para isso, contará com a ajuda do Instituto Terra de Preservação Ambiental. “O plantio será com espécies nativas da Mata Atlântica, como palmito jussara, jequitibá, aroeira, pau ferro e várias outras”.

Leia mais clicando aqui.

Projeto Com Vida: Reabilitação para Covid longa

Matéria no site Ecoa de Ed Rodrigues em 22.05.2022 fala sobre o Projeto Com Vida, que ajuda as pessoas que tiveram Covid longa e precisam de reabilitação:

Já imaginou se os sintomas da covid-19, um ciclo que deveria durar em média 10 dias, permanecessem por quatro meses? Essa é a realidade de Mônica Senna atualmente. Ela, que adquiriu covid longa e precisa de suporte psicológico, é uma das pessoas reabilitadas pelo projeto Com Vida, que tem dado apoio a pacientes da doença. A iniciativa foi criada pela dentista de São Paulo Raquel Trevisi, 39 anos, ex-atleta de crossfit que enfrentou sérios problemas após receber o diagnóstico positivo e chegou até a ficar sem andar.

Durante a sua reabilitação, Raquel percebeu que havia pessoas com sequelas graves da doença, iguais ou até piores do que as dela, mas que não tinham acesso aos mesmos tratamentos que ela teve. Hoje, seu projeto atende aproximadamente mil pessoas afetadas pela covid, apesar dos poucos recursos financeiros.

A dentista fazia parte do grupo de pessoas que se acreditava não desenvolver a forma mais grave da doença: atleta, jovem e sem vícios. Apesar disso, quando foi infectada pelo coronavírus, teve duas intubações e uma experiência de quase morte. Raquel teve infecção e trombose nos braços e pernas. Deixou o hospital em uma cadeira de rodas e não conseguia mexer o corpo do pescoço para baixo. Teve de passar por um difícil e caro processo de reabilitação.

(…) Para acolher um paciente com covid, o projeto dispõe de uma equipe que analisa todos os dados e documentos que as pessoas enviam por meio do site. Lá, elas precisam comprovar a veracidade da doença com exames, teste positivo e encaminhamento médico. (…) Mônica Senna encontrou no projeto um estímulo para continuar vivendo. Ela conta que quando não está em atendimento está dormindo, devido ao cansaço por causa da covid longa.

Leia a matéria completa clicando aqui.

Evelin Mello: Engenharia social ajudando quem mais precisa

Matéria de Renata Fontoura e José Câmara em 25.04.2022 para o site Primeira Página fala sobre a engenheira civil Evelin Mello, de 28 anos, que criou uma empresa para atuar na dignidade habitacional no Centro-Oeste brasileiro:

A engenheira civil Evelin Mello, de 28 anos, teve que driblar o machismo para construir sonhos de famílias carentes de Campo Grande. Para isso, a jovem criou uma empresa, a Digna Engenharia, para atuar na dignidade habitacional no Centro-Oeste brasileiro.

“Sempre morei em região de periferia. Meus pais sempre passaram por muita dificuldade. Então, a Digna começou quando vi o dia a dia dos meus próprios pais e vizinhos. Eu nunca tinha visto um engenheiro em uma obra de bairro. Via a dificuldade deles em juntarem dinheiro para contratarem um pedreiro”, revela Evelin.

Evelin Mello

A engenheira ainda relembra que o primeiro passo para a criação da empresa aconteceu por conta do seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), trabalho que ocorre no fim da graduação. Com a ideia de ser um diferencial no mercado claramente carente, Evelin concentrou os estudo na “engenharia social”.

Leia mais clicando aqui.

Trem Turístico RJ-MG: Novo projeto

Depois do projeto de 2017, que ligaria o RJ a Minas passando pelas cidades de Três Rios, Sapucaia, Leopoldina, Recreio, Volta Grande, Além Paraíba e Chiador, e Cataguases (leia a respeito aqui), um novo projeto pretende, em 2022, sair de Três Rios, passar por Sapucaia e entrar em Minas Gerais por Chiador. Resta saber se realmente sairá do papel. Matéria do site Bafafá:

A primeira etapa de 37 km dos 168 km da ferrovia, já está em início de reforma. O trem, na primeira etapa, sairá de Três Rios/RJ (…) Após a conclusão da primeira etapa, terá a segunda e terceira, para concluir todos os 168 km do trecho, que sairá de Cataguases MG até Três Rios RJ. O prazo para a conclusão da primeira etapa está prevista para dezembro de 2022. A partir daí, o trem turístico entrará em operação.

A ferrovia foi inaugurada em 1884, para transporte de passageiros e carga. A partir de 1995, a linha passou a operar, sob concessão da Ferrovia Centro Atlântica (FCA)/VLI Logística, apenas para transporte de cargas.

Cerca de 168 km do trecho do ramal, entre Cataguases MG, a Três Rios/RJ, não estavam sendo usados pela empresa, desde 2015. Desde essa época, a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público/OSCIP – Amigos do Trem, presidida por Cyntia Nascimento Leite, vem se empenhando para reativar esse trecho, para transporte de passageiros para fins turísticos.

Leia mais clicando aqui.

NovaHaus: Semana de quatro dias úteis e bônus para cultura em Franca, SP

De acordo com matéria no site da revista Isto É, para aumentar a produtividade e bem-estar dos funcionários, a NovaHaus, empresa de tecnologia em Franca (SP), reduziu a jornada semanal de trabalho de cinco para quatro dias, sem corte nos salários e ainda promove bônus para atividades culturais e de lazer:

A novidade começou a ser testada no mês de março, quando os trabalhadores passaram a ter folgas às quartas-feiras. A empresa vai utilizar o modelo experimental até o mês de novembro, quando a diretoria decide se mantém a nova jornada de trabalho.

“O maior objetivo de ter essa folga na semana é proporcionar momentos de cultura, de lazer, de conexão com a família, conexão pessoal, e fazer as pessoas ficarem mais revigoradas para trabalhar melhor nos outros dias que elas precisam trabalhar”, disse o diretor da NovaHaus, Leandro Pires, à EPTV.

A empresa é a terceira a adotar no Brasil uma prática que já é comum em outros países. Além disso, os funcionários ainda ganham um vale de R$ 400 para ser utilizado em atividades culturais e de lazer, como cinema, teatro, música, etc.

Leia mais clicando aqui.

No site da empresa:

Adotada em março de 2022, a semana de 4 dias é a prova viva de que sempre estivemos na vanguarda do mercado tecnológico.

Nossa paixão pelas tendências, inovações e experimentos foi além dos produtos digitais para chegar ao bem-estar das pessoas que os criam: nossos colaboradores.

Quem trabalha na NovaHaus tem a quarta-feira livre para cuidar da saúde mental e aproveitar todos os benefícios que a empresa oferece, como Gympass, Netflix e Spotify. Tudo isso sem redução de salário ou de vantagens.

Somos a 3ª empresa do Brasil a adotar esse modelo de trabalho no segmento geral, e a 1ª do setor tecnológico.

https://novahaus.com.br/wednesday-off/

Semana Nacional de Museus 2022: No Museu Histórico Nacional, RJ

A 20ª edição da Semana Nacional de Museus acontece no Museu Histórico Nacional, no Rio, entre os dias 16 e 20 de maio de 2022:

No dia 16 de maio será lançado, em formato digital, os Anais do 2º Seminário “Museu e Educação”, realizado no ano passado pelo MHN. A abertura da nova exposição temporária “Rio-1922”, acontece no Dia Internacional de museus (18 de maio), às 11h30.

A proposta é apresentar a cidade do Rio de Janeiro de 100 anos atrás, quando foi criado o Museu Histórico Nacional. A exposição tem patrocínio do Instituto Cultural Vale via Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Já no dia 19 de maio estão programadas duas atividades: “Entre cenas e retratos” é a nova exposição do MHN na plataforma Google Arts & Culture, resultado de projeto de tratamento e conservação de fotografias especiais do Arquivo Histórico do museu. O projeto também foi patrocinado pelo Instituto Cultural Vale.

Já às 15h, será a inauguração da exposição “Brasil decolonial – outras histórias”: um conjunto de 17 intervenções no circuito do MHN sobre temas relativos à diáspora africana. O projeto é resultado da ação conjunta entre MHN, Unirio e Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (Portugal) – com recursos da União Europeia.

Por fim, no dia 20, às 15h, acontece mais uma edição do projeto Bonde da História em casa, transmitido pelo canal do MHN no YouTube. O tema da atividade educativa é “200 anos da independência do Brasil”.

Atividades programadas para a Semana de Museus 2022:
https://mhn.museus.gov.br/index.php/programacao/

Museu Histórico Nacional
Praça Marechal Âncora S/N
Centro – Rio de Janeiro – RJ

Salão Carioca do Livro 2022: De 09 a 15.05.2022 no Porto Maravilha

De acordo com o site do jornal O Dia, a quarta edição da “LER – Salão Carioca do Livro” está de volta ao Porto Maravilha, Zona Portuária do Rio:

O evento ocupa os armazéns 3, 4 e 5, do Píer Mauá a partir desta segunda-feira e vai até o dia 15 de maio. A expectativa da organização é atrair cerca de 200 mil pessoas, a maior parte delas estudantes e professores.

O festival do leitor promoverá debates com Valter Hugo Mãe, Zélia Duncan, Luiz Antônio Simas, Thalita Rebouças, Eduardo Bueno, José Eduardo Agualusa, Eliana Alves Cruz, Elisa Lucinda e atividades interativas com foco na literatura infantojuvenil.

Leia mais clicando aqui.

Canto coral na terceira idade: Oficina de Cantoria +60

Uma nova turma para cantores acima dos 60 anos será aberta no Rio com direção de Crismarie Hackenberg às 15h; os emails de contato para novas inscrições:

crismarie@rioacappella.com.br
gloriasgo@gmail.com

Matéria em O Globo:

Oficina de canto para pessoas de mais de 60 anos é retomada no Clube Hebraica

Aulas presenciais recomeçam nesta segunda (9); modelo on-line continuará sendo oferecido

Por Priscilla Aguiar Litwak — Rio de Janeiro
09/05/2022 05h05 – Atualizado há 5 horas

“Fico alegre no dia da semana em que nos reunimos. Me sinto bem em unir minha voz à de pessoas tão queridas que fazem de nossa oficina um verdadeiro lar com muito aconchego e carinho”. O depoimento é de Ruth de Oliveira Vianna, de 92 anos, a aluna de maior idade da Oficina de Cantoria +60, realizada pelo projeto Música no Museu em parceria com a RioAcappella e coordenada pela professora Crismarie Hackenberg.

O curso, criado em 2019 e que estava funcionando somente on-line desde o início da pandemia, passará a ser ministrado no modelo híbrido, a partir de segunda-feira, das 15h às 16h30m, no Clube Hebraica, em Laranjeiras.

Este novo ciclo faz parte das comemorações de 25 anos do Música no Museu, reconhecido pelo RankBrasil como a maior série de música clássica do país, com 500 concertos gratuitos por ano, de norte a sul do país e em outros continentes.

— “Meu pai voltou a sorrir e ter vontade de viver com o hábito de sair de casa para assistir aos espetáculos musicais diários”. Ouvi muito essa frase, e em 2019 expandimos o projeto para um novo campo: música e saúde — relata Sérgio da Costa e Silva, diretor do projeto Música no Museu.

Ele acrescenta que a ideia da oficina surgiu a partir de uma introdução feita pela maestrina Crismarie sobre publicações recentes que apontam a música como forma de retardamento das doenças cognitivas, que integraram sua tese de doutorado. A Cantoria +60 também faz parte desse estudo.

— Estimulamos as funções cognitivas a partir de atividades com música. Enquanto cantam, eles fazem exercícios corporais e de movimento cênico, o que é importantíssimo para o equilíbrio, o domínio de funções executivas e a memória de curto prazo, que é a que acabamos perdendo com a idade e aparece no processo de demência, muito comum em pessoas com mais de 60 anos. Eles são instigados a resolver enigmas e a trabalhar a criatividade e a percepção das emoções, o que traz um aumento na autoestima — explica a maestrina.

Além da professora, Ruth vai matar a saudade de estar presencialmente com colegas de turma como Glória Suzana, de 66 anos, e a mãe dela, Cândida Mendes, de 87.

A oficina custa R$ 100 mensais. O número de vagas é limitado nas turmas presenciais a até 40 pessoas, e nas plataformas Zoom e Youtube não tem limite.

Fonte: O Globo Bairros Zona Sul.

Atividades desenvolvidas on-line, durante a pandemia:

OFICINA DE CANTORIA +60 – RJ

Direção: Crismarie Hackenberg

“O Amanhã”, arranjo de Crismarie Hackenberg [Dezembro de 2020]
https://www.youtube.com/watch?v=pJMAnte-dzA

“Pra Melhorar / Além do Horizonte”, arranjo de Crismarie Hackenberg [Dezembro de 2021]
https://www.youtube.com/watch?v=6kOJnl5GYvw

USP: Detector de Fake News

De acordo com o portal Comunique-se, a USP lançou um detector de fake news, uma plataforma desenvolvida por uma equipe da universidade que identifica, com excelente percentual de acerto, a disseminação de notícias falsas:

A turma de mestrado profissional de ciência de dados da unidade de São Carlos, no interior paulista, da Universidade de São Paulo (USP), foi além da teoria e da sala de aula e apresentou, na última semana, projeto definido como detector de fake news. Com 96% de acerto, conforme registrado em reportagem do portal G1, a plataforma é gratuita e tem por objetivo central avaliar, por meio de inteligência artificial, se determinado conteúdo é falso ou verdadeiro.

O detector de fake news desenvolvido na USP reúne um professor (Francisco Louzada Neto), dois doutorandos (Marcos Jardel Henrique e Daniel Camilo Fuentes Guzmán) e cinco estudantes do mestrado profissional em ciências de dados (Davi Keglevich Neiva, Rhenan Queiroz, Gilsiley Henrique Darú, Luiz Guilherme Giordani e Vitor Buzinaro).

Com a página de apresentação do projeto e o ambiente para pesquisa de mentiras abertos ao público internauta em geral, os responsáveis pelo detector aproveitam para explicar o mecanismo da ação. O resultado, por exemplo, não é fornecido imediatamente. De acordo com os organizadores, o campo de busca tende a funcionar com maior assertividade quando inserida uma notícia completa (e não apenas parte de determinado material).

O sistema aplica métodos para extrair atributos linguísticos desse texto e os utiliza em um modelo de aprendizado de máquina, que classifica a notícia como verdadeira ou falsa

“Ao receber um texto, o sistema aplica métodos para extrair atributos linguísticos desse texto e os utiliza em um modelo de aprendizado de máquina, que classifica a notícia como verdadeira ou falsa. O texto deve ter pelo menos 100 palavras, pois o sistema foi ‘treinado’ dessa forma. Os modelos disponibilizados foram treinados com o córpus Fake.Br”, avisa a equipe por trás do detector de fake news.

A notícia foi encontrada aqui.

A volta da Mesbla em 2022

Entrou no ar pela internet a nova Mesbla.com que, de acordo com matéria do site Janela Publicitária, vai tentar reviver, como marketplace, a saudosa marca Mesbla. que fez história no varejo brasileiro:

A iniciativa é do advogado Ricardo Viana e seu irmão Marcel Jeronimo, que conseguiram o uso da marca, atualmente propriedade da Mesbla S.A., que ainda aparece em buscas da internet como pertencente ao empresário Ricardo Mansur.

A conta publicitária foi conquistada pela agência M2BR, que lança campanha através de envelopamento de trens do Metrô carioca, numa ação da Eletromidia.

(…) A equipe responsável pela campanha de lançamento, na M2BR, é composta por Bruno Costa, coordenador de planejamento e Paula Giffoni, analista de planejamento e Tayana Ramos, redatora. Mariana Teles e Alberto Nogueira serão os responsáveis pela direção de artes e mídias, respectivamente. Rodrigo Reis atuará como especialista de Inbound e Bruno Cabral como coordenador de mídia. Completam o time: Artur Oliveira, diretor de operações e Vitor Baum, diretor de criação.

Leia mais clicando aqui.

Alessandra de Melo: Professora fortalece vínculos afetivos e concorre a prêmio

Matéria no G1 conta a história da professora Alessandra de Melo, de 44 anos, uma das finalistas de um prêmio nacional após criar um projeto durante a pandemia para fortalecer vínculos afetivos com os alunos em Luziânia, no entorno do Distrito Federal:

A educadora criou um boneco para disponibilizar atividades e jogos, onde ela depositava junto cartas para seus alunos.

“Eu pensei na parte deles se sentirem abandonados, porque eles não estavam entendendo o porquê de tanto tempo em casa. Foi a forma que eu encontrei de manter as aulas. E tinha o contato do carteiro e das cartas, para deixar registrado de forma escrita o quanto a gente sentia falta deles”, explicou a professora.

Professora Alessandra de Melo

Alessandra contou que o boneco do projeto “O carteiro chegou!” ficou em uma padaria da cidade nos meses de maio e junho de 2020. Conforme a educadora, os pais eram avisados por mensagem para buscar as cartas e as atividades.

“Eles faziam as atividades, brincavam com os brinquedos pedagógicos e mandavam as fotos no grupo que a gente tinha. Elas [crianças] não escrevem, mas elas desenhavam e mandavam áudio falando que achavam legais as cartinhas”.

(…) A professora comemorou que é uma das três finalistas do Prêmio Professor Transformador, na categoria Educação Infantil. Segundo ela, o objetivo do prêmio é valorizar os educadores e incentivar projetos transformadores na educação.

Leia mais clicando aqui.

Um novo Orkut em 2022?

É o que se especula nas outras redes sociais “coirmãs”: o Orkut pode voltar em breve. Quem visitar o endereço…

http://orkut.com

… pode, além de cadastrar um e-mail para ser “avisado” das novidades, ler um texto do criador do site (será que vai ter aplicativo?), Orkut Büyükkökten. Um trecho:

Hi there,

I’m Orkut. Seventeen years ago I started a little social network while I was an engineer at Google. In just a few years, that social network – orkut.com – grew to a community of over 300 million people.

I believe that orkut.com found a community because it brought so many diverse voices from around the world together in one place. We worked hard to make orkut.com a community where hate and disinformation were not tolerated. We worked hard to make orkut.com a community where you could go meet real people who shared your interests, not just people who liked and commented on your photos. (…)

Lembram dele(s)?