Traje espacial ajuda crianças com paralisia cerebral

Uma reportagem do Jornal Nacional de 30.04.2010 mostra um traje espacial russo que vem mudando a vida de crianças com paralisia cerebral:

Com o traje especial criado na década de 70, as crianças aprendem a andar em apenas três meses. Hoje, a roupa é usada para o tratamento no mundo todo.

Veja o video:

– no site do Jornal Nacional dentro do portal G1, clicando aqui

– ou no site de vídeos do Jornal Hoje na Globo.com, clicando aqui.

Anúncios

Mapeamento genético prevendo doenças futuras

De acordo com o site da BBC Brasil, cientistas americanos conseguiram, pela primeira vez, prever quais doenças uma pessoa poderá desenvolver, a partir de seu mapeamento genético:

Em estudo publicado na revista científica The Lancet, uma equipe da Universidade de Stanford, na Califórnia, analisou todo os genes do colega Stephen Quake, de 40 anos, e concluiu que ele corre o risco de sofrer de problemas como diabetes, doenças cardíacas e alguns tipos de câncer.

No ano passado, o professor de bioengenharia Quake ficou conhecido por ter desenvolvido uma nova tecnologia capaz de realizar seu mapeamento genético com menos de US$ 50 mil – um valor muito menor do que se gastava no início das pesquisas de genoma.

Leia mais clicando aqui.

Dia da Baixada em 30.04.2010

Fonte: jornal O Dia de 30.04.2010.

Uma vacina contra o câncer de próstata em breve

De acordo com a AFP, os organismos reguladores americanos aprovaram um tratamento revolucionário contra o câncer de próstata avançado que estimula o próprio sistema imunológico do paciente a lutar contra a doença, informaram esta quinta-feira fontes oficiais:

A FDA (agência americana que regula alimentos e medicamentos) revelou que o tratamento, denominado Provenge, é concebido para uso em homens que têm câncer de próstata em estágio avançado, cuja doença tenha se espalhado para outras partes do corpo e seja resistente ao tratamento padrão hormonal.

“O Provenge oferece uma nova opção de tratamento para homens com câncer de próstata avançado, que atualmente têm disponíveis limitadas terapias eficazes”, disse Karen Midthun, diretora em exercício do Centro de Avaliação e Pesquisa Biológica da FDA.

O novo tratamento, desenvolvido pela Dendreon Coporation, sediada em Seattle (norte dos EUA), consiste na extração das células imunológicas do sangue do paciente, em um processo conhecido como leucaférese.

Leia mais clicando aqui.

Bill Gates e as energias limpas

De acordo com o Globo Online, Bill Gates, fundador da Microsoft, fundou com um grupo de executivos de grande empresas o Conselho Americano de Inovação Energética, com o objetivo de “estimular o crescimento econômico, criar empregos em novas indústrias e reestabelecer a América na liderança das tecnologias energéticas com investimentos públicos robustos no desenvolvimento dessas tecnologias”:

Além de Gates, o grupo reúne Chad Holliday (ex-CEO da Du Pont), Norm Augustine (ex-presidente da Lockheed Martin), Ursula Burns (CEO da Xerox), John Doerr (sócio da Kleiner Perkins), Jeff Immelt (CEO da GE) e Tim Solso (CEO da Cummins).

O objetivo do grupo é incentivar o governo federal americano a investir em energias mais limpas. Em artigo publicado no Washington Post , Gates e Holliday apontam três motivos pelos quais acreditam que a iniciativa desse tipo de pesquisa deve partir do Estado.

Segundo ele, o desenvolvimento dessas tecnologias é de interesse público, por ter implicações na segurança nacional, saúde econômica e questões ambientais. Essas não seriam motivações para a iniciativa privada, mas “dão mérito a um comprometimento do setor público”.

Em segundo lugar, Gates aponta que a natureza do negócio exige investimento público, pelo alto custo de pesquisa e risco de de não haver retorno. “Um novo carro elétrico pode custar bilhões para ser desenvolvido e ainda assim não funcionar”, exemplifica o artigo. Além disso, o executivo argumenta que há pouco mercado para novos modelos energéticos, pois as usinas atuais são baratas de se manter, depois de construídas.

Leia mais clicando aqui.

Alertando sobre a hipertensão

De acordo com o Globo Online, “Eu sou 12 por 8” foi o slogan idealizado pelo Departamento de Hipertensão da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) para alertar a população da necessidade em manter a pressão arterial controlada:

Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 30 milhões de brasileiros têm hipertensão e outros 12 milhões têm a doença, mas sequer sabem. A SBC estima que apenas 10% dessa população faz regularmente acompanhamento médico e segue as orientações.

– O objetivo da ação é despertar a atenção das pessoas, mas perpetuar a mensagem ao longo de todo o ano – explica o presidente do Departamento de Hipertensão da SBC, Marcus Bolívar Malachias.

Além das atividades programadas nas capitais e em várias cidades, uma campanha em mídias sociais, como Twitter, Orkut e Facebook, leva a informação para milhares de internautas. Personalidades aderiram à campanha, se tornaram embaixadores e já vestiram a camiseta “Eu sou 12 por 8”, como a atriz Guilhermina Guinle, o cantor Ney Matogrosso e a apresentadora Sarah Oliveira. Cinco milhões de folhetos serão distribuídos em farmácias populares, nos supermercados e em várias indústrias.

Leia mais clicando aqui.

Imposto de Renda 2010: Isenção para pacientes com câncer

De acordo com o site Consultor Jurídico, o contribuinte que sofre de câncer tem direito à isenção do pagamento de Imposto de Renda sem a necessidade de demonstrar a existência de sintomas recentes:

Também não é necessária a indicação de data de validade do laudo pericial ou comprovação de possível recaída da doença. O entendimento é do Superior Tribunal de Justiça.

Leia mais clicando aqui.

%d blogueiros gostam disto: