Cais do Valongo: Patrimônio da Humanidade

De acordo com o UOL, o Cais do Valongo, marco da herança africana no Rio de Janeiro, agora é Patrimônio da Humanidade. O Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) avaliou a inscrição do sítio arqueológico na 41ª reunião anual da organização, que aconteceu em 09.07.2017, em Cracóvia, na Polônia:

Inaugurado em 1811, o cais foi o principal ponto de desembarque de escravos africanos nas três Américas.

O Brasil recebeu cerca de quatro milhões de escravos em mais de trezentos anos, o que equivale a 40% de todos os africanos que chegaram vivos nas Américas entre os séculos 16 e 19. Destes, aproximadamente 60% entraram pelo Rio de Janeiro, sendo que cerca de um milhão deles pelo Cais do Valongo.

cinemagia.wordpress.com

Em 1911, o Cais do Valongo foi aterrado e redescoberto 100 anos depois, durante as obras para a Olimpíada do Rio. “A cidade do Rio é importantíssima na constituição da cultura brasileira, com sua mistura e diversidade”, disse o secretário de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação, Indio da Costa.

Arqueólogos do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH), órgão vinculado à SMUIH e presidido por Augusto Ivan, estão fazendo o levantamento dos, aproximadamente, 500 mil itens que foram encontrados nos locais durante as intervenções. As peças, que incluem adornos, objetos, amuletos e ossadas, estão na Vila Olímpica da Gamboa.

Leia mais clicando aqui.

Anúncios
Esse post foi publicado em Artes e Cultura, História e Arqueologia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s