O poder da música: Mais um exemplo de ajuda a pacientes

Reportagem no Estadão conta como a música ajuda pacientes no Hospital Premier, de São Paulo:

A respiração de Sebastião está descontrolada, mas de repente o som de uma flauta transversal apazigua sua agitação. São os acordes de uma canção de seu passado interpretada por um dos músicos que trabalham para aliviar a dor de doentes submetidos a cuidados paliativos em um hospital de São Paulo.

“Quando cheguei tinha umas 13 pessoas no quarto. Ele estava com máscara de oxigênio e respirava com muita dificuldade, muito rápido. Foi começar a tocar e a respiração se acalmou em dez segundos. Todo mundo começou a chorar e eu me segurei para não chorar também”, conta o flautista Antonio Carrasqueira.

Essa é uma das muitas histórias emocionantes vivenciadas por um grupo de músicos que semanalmente passa pelos quartos do hospital Premier, na Vila Cordeiro, zona oeste da capital paulista, não para tocar seu repertório, mas para reproduzir o dos próprios pacientes.

Há vários anos Samir Salman, diretor desta clínica para doentes terminais, com doenças degenerativas e para idosos que precisam de cuidados paliativos, decidiu incluir a música na “estratégia do hospital, como uma proposta terapêutica a mais”.

“A ideia é que o músico se preocupe em resgatar a memória musical do paciente com a ajuda da equipe médica e sua biografia”, explica Salman.

Leia mais clicando aqui.

Anúncios
Esse post foi publicado em Artes e Cultura, Medicina, Saúde e Bem Estar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s