Pontos acumulados: Como e quando trocar por descontos, serviços e mercadorias

Uma matéria de 08.02.2017 no Globo Online fala sobre como as milhas, pontos, dotz e bônus dos mais diversos estão sendo usados para conseguir descontos, ingressos e até pagamento de contas:

Seja qual for o nome, a pontuação acumulada em programas de fidelidade tornou-se uma moeda com amplas possibilidades de troca. Embora as passagens aéreas ainda liderem a lista de produtos trocados, já é possível “comprar” de ingressos para shows e cinemas a material de limpeza, além de pagar contas e fazer caridade. Alguns cartões de crédito já até oferecem descontos na fatura em troca dos pontos.

Para as empresas, os programas são uma forma de reduzir a chance de o cliente bater na porta do concorrente em busca de vantagens. Para o consumidor, uma maneira de poupar o dinheiro real em plena recessão. Dados da Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (Abemf) mostram que a adesão aos programas cresceu: eram 78 milhões de cadastros em setembro de 2016 (últimos dados disponíveis), 15% acima do registrado em igual mês do ano anterior.

Os dados se referem aos cinco associados da Abemf (Dotz, Grupo LTM, Multiplus, Netpoints e Smiles) e não elimina duplicidade, já que uma mesma pessoa com cadastros em dois programas é contada duas vezes. Ainda assim são uma referência de como os brasileiros têm recorrido à moeda da fidelidade para suprir desejos e necessidades.

Segundo a Abemf, as passagens aéreas ainda são maioria entre os produtos resgatados, respondendo por 70% das trocas. Nos 30% restantes, a preferência tem sido a busca de bens e serviços que complementam o orçamento familiar. Na categoria de itens resgatados com valores acima de R$ 100, o pagamento de contas ocupa o topo do ranking. Na faixa de R$ 50 a R$ 100, combustível é o produto número um da lista. Já no grupo de até R$ 50, o vale-presente encabeça o rol dos itens trocados, seguido pela recarga de celular.

Clique no link abaixo e veja, de show a conta de luz, o que é possível ‘comprar’ com seus pontos:

http://oglobo.globo.com/economia/na-crise-pontos-de-programas-de-fidelidade-viram-moeda-1-20883834

Anúncios
Esse post foi publicado em Cidadania, Defesa do Consumidor, Oportunidades, Tecnologia e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s