80 horas semanais? Na Suécia, seis horas por dia

Não faz qualquer sentido a proposta de aumentar para 60 ou até 80 horas semanais a jornada de trabalho no Brasil: isso não aumentaria a produtividade e só geraria ainda menos empregos no país. Veja o exemplo da Suécia, em matéria publicada pelo site Nômades Digitais:

Desde que Henry Ford implementou a ideia de uma jornada de trabalho de 8 horas, parece que ninguém se deu o trabalho de contestar o esquema. Mesmo hoje, quando a maioria dos funcionários das empresas passa mais horas no Facebook do que trabalhando, todo mundo ainda acha “normal” passar um terço do dia trabalhando. Por sorte, nem todo mundo: na Suécia, muitas empresa já adotaram a jornada de trabalho de 6 horas.

“Acho que a jornada de trabalho de oito horas não é tão efetiva quanto se imaginaria“, conta Linus Feldt, CEO da Filimundus, empresa sueca que adotou um esquema de seis horas diárias de trabalho e que garante que não houve diferenças na produção.

Para quem adota a ideia, um dos benefícios de diminuir a carga de trabalho é a facilidade de manter os talentos por mais tempo na empresa. É a opinião da empresa Brath, que realizou a mudança há três anos: “Acreditamos que uma vez que você se acostuma a ter tempo para a família, pegar as crianças na creche, usar seu tempo treinando para uma corrida ou simplesmente cozinhar boa comida em casa, você não quer perder isso de novo“.

Leia a matéria completa clicando aqui.

Anúncios
Esse post foi publicado em Economia e Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s