Mascotes das Olimpíadas no Rio de Janeiro

Antigos mascotes de Olimpíadas passadas estao no Rio de 20 a 22.11.2014. Veja a agenda:

Sexta-feira (21/11)

11h – os Amigos Rio 2016 vão visitar o Pão de Açúcar com crianças das Vilas Olímpicas, onde serão contadas histórias sobre os Jogos e haverá um picnic
15h30 – Fu Niu Lele visita o Cristo Redentor
15h30 – Misha visita a orla de Copacabana, na altura do Posto 6

Sábado (22/11)

15h – Wenlock e Mandeville visitam os Arcos da Lapa
16h30 – Athena e Misha visitam a Quinta da Boa Vista (colunas gregas próximas ao lago)

mascotes_aeroporto_alexferro.20112014.-3676_1

Fonte:
http://mobile.rio2016.com/noticias/noticias/misha-athena-wenlock-mascotes-de-outras-edicoes-dos-jogos-desembarcam-no-rio-de-ja

Conheça um pouco da história de cada um deles:

– Misha

O urso Mikhail Potapych Toptygin (Misha para os íntimos) nasceu nas terras geladas da Rússia e conquistou o mundo com sua simpatia e fofura nos Jogos Olímpicos Moscou 1980 – é até hoje um dos mascotes mais populares da história dos Jogos.

– Athena

Junto com seu irmão, Phevos, Athena é mascote dos Jogos Olímpicos Atenas 2004. Seu nome é uma homenagem a Atena, deusa da sabedoria e protetora da capital grega. Com pés grandões e corpo em forma de sino, foi inspirada em brinquedos da Grécia Antiga, chamados “daidalas”

– Fu Niu Lele

A simpática vaquinha colorida foi mascote dos Jogos Paralímpicos Pequim 2008. Criada pelo designer Wu GuanYing, teve suas cores inspiradas nos tradicionais presentes do Ano Novo Chinês. Seu nome significa boa sorte.

– Wenlock e Mandeville

Mascotes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Londres 2012, Wenlock e Manderville, respectivamente, foram criados a partir de duas gotas do aço usado na construção do Estádio Olímpico de Londres.

São provavelmente os mascotes mais tecnológicos da história dos Jogos – seus olhos são uma câmera que filma tudo e a luz em suas cabeças simboliza os famosos táxis londrinos.

Seus nomes são inspirados em cidades inglesas que fazem parte da história dos Jogos: Much Wenlock é onde aconteciam as competições que inspiraram o Barão Pierre de Coubertin a criar os Jogos Olímpicos da Era Moderna. Já Stoke Mandeville é a cidade precursora dos Jogos Paralímpicos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Artes e Cultura e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s