Coração artificial criado por impressora 3D

De acordo com o site Ciências e Tecnologia, um coração artificial foi criado com sucesso utilizando uma impressora 3D, capaz de criar vários tecidos humanos (como mini-rins por exemplo). A nova tecnologia traz esperança para o futuro dos transplantes de órgãos:

Pela primeira vez, uma equipe de pesquisa tem sido capaz de desenvolver o tecido do coração humano que bate de forma totalmente autônoma em uma câmara, uma espécie de “coração artificial” desenvolvido a partir de um coração retirado de um rato morto.

O tecido em si veio a partir de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSCs), que começou como células de pele humana madura e “reprogramado” com sucesso para o um estado embrionário e, em seguida, induzida a se tornar a célula desejada, neste caso, aqueles com potencial para se tornar o tecido do coração ou células progenitoras multi-potenciais cardiovasculares (MCP). Este é o mesmo método que os cientistas utilizaram recentemente algo mais esdrúxulo; induzir o crescimento de dentes a partir de urina humana.

A técnica essencialmente se resume na retirada de todas a células de um órgão (no caso um coração de um cadáver de rato, deixando somente a estrutura extracelular, ou seja a estrutura das células não é alterada, depois da remoção é injetado no interior uma mistura de células MCP, e fazendo o coração artificial “crescer” em condições de esterilidade máxima.

Leia mais clicando aqui.

Anúncios
Esse post foi publicado em Medicina. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s